Retrospectiva de OKR

Após a finalização do trimestre, o time se reúne e analisa o ciclo que se encerra para evoluir e gerar melhorias para o futuro.

Sobre a Retrospectiva de OKR:

O evento é destinado para todo os times discutirem em conjunto as percepções de cada um quanto ao trimestre encerrado.

Objetivos da Retrospectiva de OKR:

No final de cada ciclo trimestral, os times analisam as suas vivências, os principais aspectos vivenciados por eles e entendem fatores que impactaram tanto de maneira negativa quanto positiva nos trabalhos realizados frente aos objetivos traçados.

Assim, há a possibilidade de corrigir percursos e alterar a forma de trabalhar de acordo com as discussões realizadas e manter o que ajudou os envolvidos em seu cotidiano para manter os bons resultados alcançados.

O foco, portanto, é analisar possibilidades de melhorias para o trimestre seguinte visando o que acabara de encerrar.

Guia de preparação:

Para realizar uma retrospectiva do ciclo de OKR, primeiramente, defina qual será a dinâmica utilizada para obter todas as informações desejadas na avaliação do trimestre.

Uma ideia é mapear o que deu certo, o que deu errado, quais itens fizeram o time feliz e quais fizeram triste para mapear diferentes percepções sobre o ciclo que se encerra.

Caso sejam discutidos esses pontos, basta criar um mural em branco e colocar raias que representam cada um desses aspectos.

E, assim como nos outros eventos, lembre-se de reservar previamente um espaço na agenda dos membros envolvidos para que eles possam se preparar para a reunião e já chegarem com visões sobre o trimestre mapeadas.

Guia de condução:

Junto ao responsável por cada Objetivo, o time se reúne e participa da dinâmica respondendo, cada um, às perguntas e temas levantados.

O facilitador registra as opiniões levantadas e promove discussões em cima dos pontos levantados.

Além disso, ele também realiza uma votação com toda a equipe para elencar as maiores realizações e principais dores levantadas pelas equipes, ao passo que monta um plano de ação para sanar tais dores no ciclo seguinte.

Ao final, as ações levantadas são registradas em um board ou documento para que o time possa colocar em prática durante o trimestre seguinte.

Dicas do Roads:

Nós do Roads recomendamos que todo o time participe desse momento e não apenas as lideranças envolvidas, pois, afinal, o time responsável pelas ações de OKRs devem participar ativamente de todo o processo e buscar melhorias nos trabalhos realizados.

Além disso, colocar em prática os planos de ação levantados é primordial para que os mesmos problemas não sejam repetidos por mais um trimestre, impedindo o time de evoluir em relação ao ciclo anterior.

Guia de preparação:

Para realizar uma retrospectiva do ciclo de OKR, primeiramente, defina qual será a dinâmica utilizada para obter todas as informações desejadas na avaliação do trimestre.

Uma ideia é mapear o que deu certo, o que deu errado, quais itens fizeram o time feliz e quais fizeram triste para mapear diferentes percepções sobre o ciclo que se encerra.

Caso sejam discutidos esses pontos, basta criar um mural em branco e colocar raias que representam cada um desses aspectos.

E, assim como nos outros eventos, lembre-se de reservar previamente um espaço na agenda dos membros envolvidos para que eles possam se preparar para a reunião e já chegarem com visões sobre o trimestre mapeadas.

Dicas do Roads:

Nós do Roads recomendamos que todo o time participe desse momento e não apenas as lideranças envolvidas, pois, afinal, o time responsável pelas ações de OKRs devem participar ativamente de todo o processo e buscar melhorias nos trabalhos realizados.

Além disso, colocar em prática os planos de ação levantados é primordial para que os mesmos problemas não sejam repetidos por mais um trimestre, impedindo o time de evoluir em relação ao ciclo anterior.

Outros eventos que você pode gostar: