Scrum exige uma mudança cultural: como fizemos no ClubPetro?

O maior aprendizado ao aplicar Scrum é: mais do que implementar uma metodologia, usar Scrum exige uma mudança cultural, e foi isso que fizemos no ClubPetro.

Não tem como começar esse texto com o maior aprendizado dele: mais do que implementar uma metodologia, usar Scrum exige uma mudança cultural e foi isso que fizemos no ClubPetro. Scrum não é a ferramenta, não é o Scrum Master, não são as reuniões. Scrum é a forma como a empresa passa a trabalhar depois disso tudo entrar na cultura de todos. Mas pra chegar nesse aprendizado, foi muito suor, muito erro, muito acerto e muito esforço envolvido. Por isso mesmo, quero explicar o que fizemos, para te ajudar a implantar na sua empresa ou no seu time, pois os resultados que alcançamos fazem todo esse esforço valer a pena. O caminho será difícil, por isso mesmo é preciso estar preparado. Quantas vezes já não me perguntei se estávamos atrapalhando e não ajudando todo o time? Hoje, tenho a certeza: isso valeu a pena! Chega de história e vamos a algumas conclusões!

Você é o único responsável pelo seu futuro!

Parece frase clichê de coaching, mas é a mais pura verdade. Pessoas antes de qualquer processo, esse é o primeiro dos princípios do manifesto ágil. Você é parte da sua empresa, sendo você o responsável pela implantação do Scrum ou contratado por uma empresa ágil. O Scrum exige uma uma mudança cultural que preza melhorar a cada ciclo. Você precisa logo entender tudo isso e pensar em qual o seu papel nessa história inteira. Em todos os papéis você pode atrapalhar o seu time e por isso mesmo precisa se adaptar à nova realidade. Estamos falando de um mundo novo, com um grau de comprometimento alto com a metodologia. Um time trabalha junto como uma unidade, resultados do time sempre em primeiro lugar. O seu compromisso com tudo isso é essencial para o resultado final. Por isso, seja lá qual for o seu cenário, comprometimento com a metodologia é o seu primeiro valor! As tentações de desistir e manter tudo como está, optando pelo caminho mais fácil sempre será grande.

Você não vai conseguir nada sozinho!

Meu primeiro erro foi justamente tentar ir sozinho. Aprender tudo sozinho, "rodar por conta própria". O Scrum exige uma mudança cultural, e ela pode partir de você, mas não pode acontecer só dentro de você. Se você já sabe sobre a metodologia, compartilhe com alguém que pode te ajudar. Explique, mande um texto, um vídeo, a forma que for, engaje outras pessoas com a metodologia, só assim você vai conseguir tirar tudo do papel. Tentei por um tempo "rodar por conta própria", e falhei. Não conseguia o engajamento das pessoas com o que estava propondo e não conseguia o compromisso necessário com a metodologia. Vivemos no mundo novo, a gestão não deve ser forçada e sim construída em conjunto. Não adianta querer criar um modelo de gestão funcional, que aproveita das capacidades do seu time tentando ir sozinho. Cada uma das pessoas envolvidas precisa de verdade enxergar os benefícios da metodologia.

Você não deve forçar ninguém a nada

Desde assumir algum papel, se adaptar rápido à metodologia ou a executar uma carga de tarefas, cada uma das pessoas vai ter seu tempo e forma de se adaptar a tudo isso. É natural. Pessoas são diferentes, é preciso conquistar cada uma delas. Cada pessoa enxerga uma realidade diferente do que acontece. Não dá pra exigir de alguém muito mais do que a realidade dele. Cada pessoa vai interagir de uma forma diferente ao novo cenário proposto. Exigir de alguém um papel Product Owner não faz sentido algum. A pessoa deve desejar e se comportar como Product Owner. Ela precisa gerar valor real ao seu time, precisa de verdade enxergar e facilitar o caminho. Aquela velha história “nem todo bom vendedor seria um bom gerente” se repete aqui. Simplifique, talvez você já saiba muito mais sobre a metodologia e o formato de trabalho, mas sem conseguir de verdade conquistar as outras pessoas toda essa complexidade que você domina fica desperdiçada.

Defina bem as responsabilidades!

Todas as responsabilidades de cada papel precisam estar bem definidas. É preciso que todos os envolvidos conheçam seus papéis e responsabilidades. Não tem como ter Sprint se não tem Backlog, se o Product Owner não teve tempo de cuidar do seu time, não tem por que o time assumir o compromisso com que foi "jogado" para ele fazer. O problema aqui pode ser falta de compromisso do Product Owner, mas será que ele enxerga valor em criar um Backlog? Qual treinamento eles tiveram para exercer a função? Eles foram acompanhados, receberam feedbacks e estão devidamente capacitados?

Rituais de gestão

Daily é todo dia? Parece loucura, afinal o nome é Daily, mas é a primeira pergunta ou sugestão de alteração que o time ou o PO faz. E por que eles fazem essa pergunta? Justamente pelo fato deles não enxergarem valor no Ritual. E o problema não é o Ritual, o problema é a maturidade do time com o Ritual. Cada evento só faz sentido se gerar valor. Enquanto o time não conseguir enxergar valor sendo gerado no evento, ele será desnecessário. Com pessoas envolvidas, capacitadas e com suas responsabilidades bem definidas o compromisso com os rituais é critério de aceitação para fazer parte do time. É papel do Scrum Master sempre analisar e entender o que pode ser feito para os rituais gerarem valor real.

Comece hoje!

Já compartilhou com o seu time as mudanças que deseja realizar? Quem mais está por dentro da metodologia? Quais serão os papéis das pessoas envolvidas? Comece já o seu primeiro ciclo de Scrum. Tenha compromisso, mas não tente ser perfeito, melhorar a cada ciclo é a principal vantagem da metodologia. O nosso primeiro Sprint oficial foi vergonhoso. Começamos pelo time de marketing, no qual eu era o responsável, mas não um 'Product Owner". O estagiário contratado como Scrum Master "nunca" tinha conduzido nenhum evento. E o nosso time mal sabia o que era Scrum. Deu certo? Sim, demais. Mas deu errado demais por um bom tempo. O ciclo evolutivo é transformador, o Scrum Master deixa de ser um robô, para ser um facilitador. O Product Owner passa a ser o empreendedor, deixando de lado o papel inicial de "escritor'. E o time se une, sendo capaz de fazer entregas cada vez melhores. Por isso mesmo, comece! Sua empresa precisa de um pontapé inicial, ela depende de você querer começar, mas tenha a certeza que nós do Roads estaremos aqui para te ajudar.

Receba os melhores insights para a gestão do seu negócio.

Increva-se na Newsletter!

Vamos te enviar os melhores insights
Oops! Something went wrong.
Não se preocupe, não vamos te mandar SPAM!